Arquivo da Categoria: marcas do selim

crónicas, relatos e afins, das longas pedaladas por essas estradas afora

da série: dona Etielbina vai para a aldeia [parte II]

(continuação) Com um brilhozinho nos olhos voltei às curvas da EN108. A velha estrada património liga-me a Frende, leva-me até ao Castelo, a um lugar de afectos, à aldeia dos meus avós, à terra da minha mãe. Assim que passei … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

Gerês revisitado, um brevet que ficará registado

Sábado foi dia de revisitar o Gerês em mais uma voltinha “randoneira”, o último brevet da época dos Randonneur Portugal. Com a mesma emoção e entusiasmo de sempre, fomos pedalar pelos encantos do Gerês e voltar. Coisa pouca, pouco mais … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

o verão está de férias e as férias estão aí à porta

A manhã de Sábado acordou fresca. Olho para cima e um céu pardacento e carrancudo me cumprimenta. Ultimamente não tenho pedalado para longe o suficiente, assim o convite do Jacinto para ir almoçar a Moledo, onde está a passar as … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

uma semana bem passada

Após alguns dias de vida boa, ar puro e muito calor, os momentos passados na praia e à beira rio, a pedalar pela estrada da memória ou meio perdido no monte, deixam sempre boas recordações e uma enorme vontade de … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

depois da descoberta, a gastronomia do Maria Rita

Se a longa jornada anterior tinha sido dedicada à descoberta do lugar onde iríamos pernoitar, o dia seguinte seria todo ele para desvendar a aldeia do Romeu e os seus encantos. O sol despertou, a preguiça e a estafa não me prenderam … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , | 6 Comentários

à Descoberta do Romeu…

A nossa recente pedalada, rodopiando o Douro pela N222 até à aldeia dos meus avós paternos, reavivou no espírito do meu amigo Manuel Couto o desejo de empreender uma viagem de bicicleta ligando as suas casas, entre Vila Nova de Gaia … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Flèche Minho, na mouche

Decidido a cumprir a minha terceira Flèche, um dia inteiro combinando os prazeres das pedaladas com as exigências do ciclismo de longa distância, respondi afirmativamente ao desafio do Manuel Miranda e fui tentar concluir com êxito esta aventura pela segunda … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

rodopiando o Douro

Há uns dias voltei a estender o convite a mais amigos para rodopiar o Douro. O plano seria repetir o roteiro de outras aventuras, às aldeias dos meus avós, pelas estradas nacionais N108 e N222 quase até Vila Nova de … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários

rios, pontes e vinho verde, a crónica CaMinho200

Os caminhos são criações humanas, vestígios de uma civilização, das necessidades existentes das populações, facilitando a rápida afluência de bens, comércio, pessoas e correio. Desde a Pré-História, da rede viária romana, que os nossos antepassados calcorrearam trilhos para a ligação … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

chuviscos, musicol e alguns petiscos, um spoiler a CaMinho

De acordo com o informador meteorológico que labuta no meu telemóvel, iria estar um sábado primoroso e solarengo. De facto, manhã cedo um aguaceiro batia forte na janela, mas nem meia hora havia passado e o sol cumprimentava-me à saída … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários