Arquivo de etiquetas: Douro

o município de Torre de Moncorvo tem pedalada

Foi preciso pedalar até ao concelho de Torre de Moncorvo para ver este sinal. Aproveito para deixar algumas considerações a respeito de uma regra que muito condutor desconhece: respeitar o limite mínimo de 1,5 metros de distância lateral ao ultrapassar … Continuar a ler

Publicado em o ciclo perfeiro | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

fotocycle [245] Porto Carvoeiro

A estrada não é apenas um caminho, é algo mais do que isso. Por mais vezes que repitamos o mesmo caminho, a mesma estrada, não consideramos fazer “um desviozinho”. E porque a estrada é uma encruzilhada onde convergem e divergem … Continuar a ler

Publicado em fotocycle | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

por um caminho duraDouro

Quando se está só, sentado no selim de uma bicicleta, não há nada entre o mundo que me rodeia. Não há vidro, não há metal, não há interior climatizado que me contenha a liberdade e o tempo. Apenas o devaneio … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

à volta d’a Aldeia Velha

Mós é uma primitiva povoação rodeada de montes, virada a sul na vertente oposta ao preguiçoso e pachorrento Rio Douro. A aldeia dos meus avós, como lhe costumo chamar, é lugar de gente alegre e laboriosa que atenua a velhice … Continuar a ler

Publicado em histórias sem biclas pelo meio | Etiquetas , , , , , , , , | Publicar um comentário

do tipo, “percebes ou queres que faça uma foto?”

Diálogo numa destas manhãs no local de trabalho: – Ó Paulo, o qu’é isso do comute? – “Commute” quererás dizer! – Hããã! Ou isso…  Essa coisa que tagas nas tuas fotos com a bicla! – Ora bem, como te vou … Continuar a ler

Publicado em o ciclo perfeiro | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

fotocycle [236] a sentir-me romântico

Apesar de já ter percorrido novecentos quilómetros, assim visto, deste magnífico miradouro, o rio não parece cansado, correndo alegremente debaixo da ponte que lhe marca o destino. Casmurro, transportando conforto e almas, o rio lança-se no revolto oceano cujas ondas … Continuar a ler

Publicado em fotocycle | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

a ponte do esquecimento

Vou de regresso a casa e paro para desfrutar desta vista agradável. Sorvo da minha garrafa de água e procuro me refrescar um pouco. O dia está a findar, a brisa é leve mas os níveis do mercúrio continuam bem … Continuar a ler

Publicado em desafio | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

um fim de semana em cheio

No sábado fui à aldeia, por um caminho duraDouro. Com um brilhozinho nos olhos voltei às curvas pelas velhas estradas património, EN108 e EN222. Se nos primeiros quilómetros para o interior o vale do Douro se apresentava fresco e enevoado, … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim, motivação | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

fotocycle [229] fim de semana à porta…

… dia santo na estrada!  

Publicado em fotocycle | Etiquetas , , , , , , , , | Publicar um comentário

fotocycle [228] cinzento

Há dias em que o Porto acorda assim, no prenúncio matinal de uma canícula, uma viagem nublada com intenso sabor a Porto, que é da cor que o olhar entender ver nele, quando os passeios à beira rio sob a … Continuar a ler

Publicado em fotocycle | Etiquetas , , , , , , , , , | 2 Comentários