Arquivo de etiquetas: devaneios a pedais

reciclando [37] é uma espécie de quente e frio

Na bicicleta o frio não se estranha, entranha-se. Afinal estamos no Inverno, o que não é de estranhar portanto que mesmo enchouriçado de roupa mal coloque o nariz fora da porta sinta um arrepio na espinha. O dia desponta bonito, … Continuar a ler

Publicado em motivação | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

fotocycle [222] o quadro diário

[…] Porque não havemos de ir pelo caminho mais bonito? Porque é que vamos sempre com pressa, sem tempo de reparar nas mudanças dos dias e das luzes e dos verdes? Porque é que não aprendemos com os turistas que … Continuar a ler

Publicado em fotocycle | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

curto o dia mais curto

Num ritual de mobilidade, uma rota em nada aleatória entre o útil e o agradável, despego e sigo em rota de colisão com o pôr do sol. É 21 de Dezembro, o hemisfério norte entra na estação mais fria devido … Continuar a ler

Publicado em o ciclo perfeiro | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

céu pardacento: ou chuva ou vento

De volta a casa depois de um dia de trabalho, eu gosto de arredondar a cidade, alongar o meu percurso e aproveitar o crepúsculo final de um dia solarengo. Isso significa que eu vou tirar algumas fotografias na atracção radical … Continuar a ler

Publicado em o ciclo perfeiro | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários

da série: dona Etielbina vai para a aldeia [parte II]

(continuação) Com um brilhozinho nos olhos voltei às curvas da EN108. A velha estrada património liga-me a Frende, leva-me até ao Castelo, a um lugar de afectos, à aldeia dos meus avós, à terra da minha mãe. Assim que passei … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

Gerês revisitado, um brevet que ficará registado

Sábado foi dia de revisitar o Gerês em mais uma voltinha “randoneira”, o último brevet da época dos Randonneur Portugal. Com a mesma emoção e entusiasmo de sempre, fomos pedalar pelos encantos do Gerês e voltar. Coisa pouca, pouco mais … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

fotocycle [217] o Outono está no ar…

… e o ar está mais frio do que inferno! As estações estão finalmente no seu natural estado de transição, e nós ainda em estado de choque! Volto para casa. Pedalo com um sensível senso de lazer, numa jornada de … Continuar a ler

Publicado em fotocycle | Etiquetas , , , , , , , , , , , | 3 Comentários

fotocycle [216] aquela misteriosa luz

Fotografia e ciclismo são a combinação perfeita. Muito antes da minha redescoberta das bicicletas eu sempre gostei de fotografia. Assim que voltei a andar de bicicleta logo percebi que o ciclismo é o modo perfeito para viajar e fotografar. Podemos … Continuar a ler

Publicado em fotocycle | Etiquetas , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

fotocycle [215] qualquer coisa de sebastiânico

Há manhãs em que o Porto acorda sem sol, no prenúncio matinal de uma típica canícula, numa viagem nublada com intenso sabor de Porto, que é da cor que o olhar entender ver nele, onde o passeio à beira-mar sob … Continuar a ler

Publicado em motivação | Etiquetas , , , , , , , , | Publicar um comentário

o verão está de férias e as férias estão aí à porta

A manhã de Sábado acordou fresca. Olho para cima e um céu pardacento e carrancudo me cumprimenta. Ultimamente não tenho pedalado para longe o suficiente, assim o convite do Jacinto para ir almoçar a Moledo, onde está a passar as … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , | 2 Comentários