Arquivo de etiquetas: Minho

o CaMinho fez-se pedalando

São cinco e meia da matina e sigo ao volante, só mas acompanhado, com Dona Tripas ao frio empoleirada no tejadilho. Quanto mais me aproximo de Esposende mais aumenta a neblina e desce a temperatura do ar. Vou juntar-me ao … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

fotocycle [242] CaMinho

[…] “Uma das coisas agradáveis das estradas secundárias do interior é a calma com que sentimos o carácter das aldeias por onde passámos, os lugares com nomes incomuns ou nomes confortavelmente conhecidos mas que ali estão fora de contexto. Ao … Continuar a ler

Publicado em fotocycle | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

doce de Páscoa

Esta coisa de agora se dar nome às tempestades que assolam a terrinha e o Sul da Europa está a deixar São Pedro com ideias. Se em meados de Dezembro com a tempestade Ana se deu o início à contagem, … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

o verão está de férias e as férias estão aí à porta

A manhã de Sábado acordou fresca. Olho para cima e um céu pardacento e carrancudo me cumprimenta. Ultimamente não tenho pedalado para longe o suficiente, assim o convite do Jacinto para ir almoçar a Moledo, onde está a passar as … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

rios, pontes e vinho verde, a crónica CaMinho200

Os caminhos são criações humanas, vestígios de uma civilização, das necessidades existentes das populações, facilitando a rápida afluência de bens, comércio, pessoas e correio. Desde a Pré-História, da rede viária romana, que os nossos antepassados calcorrearam trilhos para a ligação … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

chuviscos, musicol e alguns petiscos, um spoiler a CaMinho

De acordo com o informador meteorológico que labuta no meu telemóvel, iria estar um sábado primoroso e solarengo. De facto, manhã cedo um aguaceiro batia forte na janela, mas nem meia hora havia passado e o sol cumprimentava-me à saída … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários

cheirinho do Brevet Gerês 200

O aviso é amarelo! Claro que preferia um sábado mais colorido, com mais sol e mais azul e branco (a fazer figas). De qualquer forma uma voltinha pelos encantos do Gerês é sempre um prazer, e sendo este um brevet … Continuar a ler

Publicado em motivação | Etiquetas , , , , , , , | 2 Comentários

no Baixo Minho e Barroso – um empeno jeitoso

Este que aqui escreve não passa de um recém randonneurizado, que quis mais. Como a criança que é atirada ao ar pelo pai brincalhão e que apesar dos protestos da mãe para que se pare com a brincadeira adora e … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , | 10 Comentários

can’t miss [43] littlerandonneuse.blogspot.pt

Longos caminhos, grandes histórias …”Ano 2013: dois brevets 200kms e dois brevets de 300kms concluídos. Não contem a ninguém mas eu aprendi a  andar de bicicleta em agosto de 2009.”  

Publicado em can't miss it | Etiquetas , , , , , , | Publicar um comentário

pelo Baixo Minho e Barroso, mais um empeno jeitoso

E amanhã, bem cedinho, tempo para mais uma brincadeira. Com um quarto da distância do Paris-Brest-Paris (a origem disto tudo) teremos pela frente um brevet com metade da sua altimetria. Serão quase 4500 metros acumulados de subidas, subidinhas e subidonas, … Continuar a ler

Publicado em o ciclo perfeiro | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário