Arquivo de etiquetas: testemunho

fotocycle [238] o “baiqueparque” mais in da Baixa do Porto.

Há uns anitos, quatro mais precisamente, não deixei escapar a novidade, e que novidade, dando conta neste postal do aparecimento de um estacionamento de biclas como manda a lei. O município reservou um espaço de estacionamento para bicicletas no interior … Continuar a ler

Publicado em fotocycle | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

can’t miss [195] publico.pt

Abordando essencialmente as preocupações e dificuldades sentidas pelos ciclistas urbanos em Lisboa,  a mobilidade e questões de planeamento urbano na capital, eis o artigo do ano, de leitura absolutamente imperdível. Ciclismo urbano: obstáculos de uma opção sem marcha-atrás “Abriu de … Continuar a ler

Publicado em can't miss it | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

a teimosia é a personalidade dos imbecis

No meu mais longo belo caminho do trabalho para casa, passo na ciclovia da Foz em quase toda a sua extensão, em direcção a norte. O tramo inicial da dita via, o asfalto da Rua Coronel Raul Peres, foi há … Continuar a ler

Publicado em ele há coisas! | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , | 4 Comentários

arrotar postas de pescada

“A Chica Fininha Gingando pela rua Ao som do Lou Reed Sempre na sua Sempre cheia de speed Segue o seu caminho..” Ia eu na brasa, a cantarolar o clássico tema tripeiro quando, assim de repente, um flipado ao bolante … Continuar a ler

Publicado em o ciclo perfeiro | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários

…para além do facto de ser a melhor altura do ano para pedalar

“Os dias ficam mais curtos; As manhãs podem estar frias; Faz vento; Pode chover com mais regularidade… Ah e tal, e coiso!!!” Desculpa lá, mas não é pela chegada deste friozinho de Outono que te vai impedir de saíres a … Continuar a ler

Publicado em motivação | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

fotocycle [236] a sentir-me romântico

Apesar de já ter percorrido novecentos quilómetros, assim visto, deste magnífico miradouro, o rio não parece cansado, correndo alegremente debaixo da ponte que lhe marca o destino. Casmurro, transportando conforto e almas, o rio lança-se no revolto oceano cujas ondas … Continuar a ler

Publicado em fotocycle | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

can’t miss [191] veloculture.pt

Neste postal multi-ilustrado da Marginal tripeira, a via mais ciclo-concorrida da Ribeira até à Foz, Velho Lau faz uma análise bem documentada e testemunhada das cíclicas dificuldades vividas pelos ciclistas: urbanos, licrados e turistas; equívocos e incoerências “num dos percursos … Continuar a ler

Publicado em can't miss it | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

dois mecos à conquista da velha estrada N2, ou a minha melhor aventura a pedais

“Estou pensando seriamente fazer a Nacional 2 numa de recreativa (Chaves/Faro) lá para Setembro, estou disposto a fazê-la sozinho, mas com uma companhia de + um, dois ou três, mais agradável seria. Vamos lá”  O jovem Jacinto lançava assim o … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , | 8 Comentários

can’t miss [190] dn.pt/portugal

Mesmo que o excelente artigo que hoje partilho já tenha sido publicado a um bom par de meses, serve, o mesmo, de retoma para um típico tópico cá do estaminé: Pedalar no dia-a-dia tornou-se a forma mais eficiente de andar … Continuar a ler

Publicado em can't miss it | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

fome de pedalar

  Com um destino real em mente, vou por onde me dá a real gana. Nenhuma rota previamente traçada, apenas a habitual volta ao bairro. Quase sempre pedalo sozinho e guardo ciumento estes momentos sempre preciosos. É tempo para mim, … Continuar a ler

Publicado em o ciclo perfeiro | Etiquetas , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários