dicas da DECO: Acidentes com bicicletas, como resolver

DECO acidentes com bicicletas como resolver“Com as novas regras do Código da Estrada, os ciclistas ganharam mais direitos, mas também mais responsabilidades. Estão sujeitos a suportar as despesas de um sinistro, por exemplo.

Desde o início do ano, a bicicleta é equiparada a um veículo comum quando circula numa via. Esta é uma das alterações para os ciclistas do novo Código da Estrada, como explica o nosso artigo.

Mas a conquista trouxe implicações. No primeiro semestre de 2014, registou-se um aumento de acidentes envolvendo velocípedes (386), face a igual período do ano passado (272).

Os números lançam um alerta: para andar nas cidades, com ou sem motor, é preciso seguir as regras de trânsito e ter uma enorme dose de bom senso. Também é importante estar preparado para agir em caso de acidente.

  • Mesmo que, inicialmente, tudo pareça bem, registe os dados dos veículos, dos condutores e dos peões envolvidos. Mais tarde, pode aperceber-se de alguma sequela física ou de que a bicicleta sofreu danos.
  • Se as autoridades forem chamadas, exponha a sua perspetiva e os factos.
  • Caso a responsabilidade seja do condutor de um veículo (carro ou mota), o acidente pode ser participado à seguradora desse condutor.
  • Se a responsabilidade for sua, cabe-lhe a si, enquanto ciclista, arcar com as despesas associadas à reparação dos veículos ou aos tratamentos médicos dos outros condutores ou peões.
  • Se necessário, procure cuidados médicos especializados. Antes de voltar a usar a bicicleta, verifique se está em perfeitas condições.
  • Mesmo não sendo obrigatório para as bicicletas, é recomendável contratar um seguro de responsabilidade civil que abranja danos a terceiros. Confirme com a sua seguradora automóvel (caso tenha) se prevê cobertura para velocípedes e se pode apresentar-lhe uma proposta. Em alternativa, existem produtos específicos com valores anuais entre € 30 e € 50, que incluem responsabilidade civil e acidentes pessoais do ciclista. A partir de € 70, a cobertura abrange também os danos na bicicleta (assemelha-se a um seguro de danos próprios num automóvel).”
    Continuar a ler
Publicado em divulgação | Etiquetas , , , , , , | Deixe o seu comentário

can’t miss [107] ambiodiv.com

Andar de bicicleta por Lisboa está mais fácil!

ambiodiv

“Durante anos ouviam-se diversas desculpas para nos esquivarmos a andar de bicicleta em Lisboa, no inverno chove e faz frio, depois não há ciclovias, depois são as sete colinas, depois, depois, depois.

No entanto já há problemas que vemos resolvidos, por exemplo as ciclovias, já existem uma série delas por Lisboa, ou zonas com menos trafego automóvel, o que dá mais segurança ao ciclista, já existe equipamento impermeável que nos permite andar à chuva. Se não acredita, veja o exemplo de Cátia, que largou o carro e começou a andar de bicicleta, quer de Verão quer de Inverno. Como ela existem mais no site Maria Bicicleta existem diversos exemplos de mulheres que decidiram adotar a bicicleta como meio de transporte.”…

(Lê este excelente artigo aqui)

Publicado em can't miss it | Etiquetas , , , , , , , | Deixe o seu comentário

das mobilidades

Exposição Maria Bicicleta

exposição Maria Bicicleta“Foi inaugurada no passado dia 16 de setembro, pelas no Velocité Café, a exposição “Maria Bicicleta Sai à Rua”, uma mostra baseada no projeto documental Maria Bicicleta sobre o ciclismo urbano no feminino.

A exposição resulta de uma parceria com a EMEL, conta com o apoio da Câmara de Lisboa, e inscreve-se no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade 2014. A exposição estará patente ao público ao longo do passeio na Avenida Duque d’Ávila até 30 de setembro, onde quem por lá passa pode ficar a conhecer dez mulheres ciclistas da nossa cidade e as suas opiniões e vivência sobre o andar na cidade.

Fique a conhecer aqui o projecto Maria Lisboa e as 20 entrevistadas.”

(ler o artigo completo aqui)


Ovar vence Prémio Nacional da Mobilidade em Bicicleta 2014

Prémio nacional da Mobilidade“O prémio nacional da mobilidade em bicicleta 2014 na categoria autarquia foi atribuído ao Município de Ovar.

A cerimónia pública de entrega do galardão respeitante à 9ª Edição do Prémio Nacional “Mobilidade em Bicicleta” tem lugar, esta tarde, no Torreão Poente da Praça do Comércio, em Lisboa, integrado no programa da FPCUB para a Semana Europeia da Mobilidade que está a decorrer.

O presidente do Município ovarense, Salvador Malheiro, que estará presente na cerimónia, aponta a conclusão da Ecopista do Atlântico como factor determinante para a distinção. Por outro lado, garante: “A descarbonização do Município continua a ser um objectivo estratégico da nossa governação”.

O Prémio Nacional “Mobilidade em Bicicleta” foi criado em 2006 pela Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), de forma a reconhecer publicamente o contributo de determinadas entidades ou pessoas individuais na promoção da bicicleta nas suas múltiplas vertentes, através da criação ou melhoria de condições e facilidades em Portugal e/ou da divulgação de iniciativas fomentadoras do uso deste veículo não motorizado.”

Reforma da Fiscalidade Verde: Ida de bicicleta para o trabalho deve ser apoiada

Bicicleta casa trabalho“A atribuição de um subsídio a quem se desloque de casa para o trabalho de bicicleta é uma das recomendações que a Comissão para a Reforma da Fiscalidade Verde propõe no projeto que entregou ao Governo e foi apresentado nesta terça-feira em Lisboa.

O documento, produzido após três meses de discussão pública e de mais de 110 contributos, cita o caso da Bélgica, onde essa política já é seguida, e considera “desadequado” que sejam pagos subsídios a quem opte pelas deslocações para o trabalho nos transportes públicos e não suceda o mesmo a quem decida deslocar-se de velocípede.

Quanto ao incentivo, através da redução de impostos à aquisição de bicicletas, a Comissão considera que isso deverá acontecer quando velocípede seja para ser utilizado como meios de transporte e não outros, como a prática desportiva, por considerar que neste caso não apresenta as mesmas vantagens.”…

(continua a ler aqui)

Publicado em divulgação | Etiquetas , , , , , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

a propósito da Semana Europeia da Mobilidade

sem2014A partir de hoje,  64 municípios aqui registados (as notícias referem 62!),  vão estar envolvidos nas iniciativas da Semana Europeia de Mobilidade, iniciativa do Conselho Europeu que se prolonga até 22 de Setembro. Entre eles consta Pombal, que se estreia este ano, Braga, Faro, Funchal, Leiria, Vila Real, Santo Tirso, Lisboa, Estarreja, Santarém, Barreiro, Portimão, Anadia, Chaves, Manteigas, Almada, Setúbal, Vila Nova de Gaia, Palmela, Valongo, Beja, Seixal, Monção, Alvito, Alcanena, Coruche, Lagoa, Caminha, Oliveira do Bairro, Évora, Entrocamento, Águeda, Aveiro, Ovar, Ílhavo, Albergaria-a-Velha, Albufeira, Murtosa, Coruche, Oeiras, Torres Vedras, Arruda dos Vinhos… entre outros (clicar no link da terrinha para aceder a programas e mais informações).

A 13.ª edição da Semana Europeia de Mobilidade assinala-se em 1.712 cidades, que integram uma lista liderada pela Áustria, Espanha, Hungria e Itália.

O tema deste ano é “As Nossa Ruas, A Nossa Escolha” e pretende envolver os cidadãos para uma mobilidade sustentável e para uma vida saudável nas cidades.

Durante toda a Semana Europeia de Mobilidade, serão organizadas actividades como caminhadas, passeios de bicicleta, workshops, jogos tradicionais e aulas desportivas, de forma livre e gratuita, levando “os cidadãos e as autoridades locais a reflectir sobre como pode ser melhorada a qualidade de vida”.

Entre as propostas para melhorar a qualidade de vida nas cidades, a Agência Portuguesa do Ambiente, que gere a iniciativa a nível nacional, refere, na sua página de internet, a “requalificação do espaço público”, privilegiando a existência de passeios pedonais e ciclovias, o uso de transportes públicos e a partilha de automóveis.

Integrado na Semana Europeia da Mobilidade, o Dia Europeu Sem Carros, que se realiza no dia 22 de setembro, vai contar com a adesão de 30 municípios portugueses.

Em associação com os municípios e agências municipais de energia dos concelhos onde operam, o Mobipaper Intermunicipal da Agência de Energia do Porto ou a Agência de Energia do Cávado,por exemplo, operadores de transportes públicos como a FertagusCorgobus, a Transtejo e Soflusa ou o Funicular de Santa Luzia em Viana do Castelo, a VALORSUL das Caldas da Rainha ou a Fundação Champalimaud (estes são apenas alguns que encontrei link), irão promover e apoiar estas actividades.

Entretanto, e para amanhã 17 de Setembro, fica a dica para a conferência que a Câmara Municipal de Lisboa realiza “A Pé para a Escola… Em Segurança!” – Como podemos prevenir os atropelamentos junto às escolas? –  das 09h30 às 13h, no Auditório do CIUL (Picoas) .

A Pé para a Escola... Em Segurança! Serão apresentados os dados disponíveis, as medidas de acalmia de tráfego, o trabalho em curso e um estudo sobre estas questões desenvolvido para a CML pela Associação para a Promoção da Segurança Infantil. A ACa-M participará com uma apresentação sobre o projecto A Serpente Papa-Léguas – Jogo da Mobilidade.

Programa do evento aqui.

Inscrições: equipa.acessibilidade@cm-lisboa.pt ou tel. 21 350 1340 – 21 350 1396 – 21 350 1362 (Inscrição gratuita limitada à capacidade da sala).

Publicado em mobilidade | Etiquetas , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

as minhas férias

FériasNos meus tempos de escola primária, toda vez que voltava à sala de aulas a profe pedia que fizéssemos uma redacção composição: “As Minhas Férias”. Sim meus amigos, ainda sou do tempo em que se chamava composição ao texto escrito, saído da nossa cabeçinha. Quando a gente, e essa gente era eu e o meu irmão, eramos expatriados pelos nossos pais para aldeia dos avós, e era óptimo: acordávamos com as galinhas, nos aventurávamos pelos campos, subíamos às árvores para catar frutas, nadávamos nas águas límpidas do rio e voltávamos todos sujos, felizes com muita coisa para contar. Ou quando o agregado familiar partia em viagem com a casa às costas, por esses caminhos de Portugal no nosso Fiat 127,  era uma vida de cigano: acordar tarde,  ir para a praia e voltar torrado do sol, passar a tarde sem muito que fazer (não havia televisão, quanto mais…!). E assim o tempo se ia passando e as férias escolares rendiam, pois naquele tempo perduravam por mais de três meses.

Este relambório todo só para dizer que não há férias mais tranquilas, agradáveis e baratuchas que as de Setembro, e as minhas três semaninhas de “folga” já se acabaram. Estou mesmo tranquilo… a sério! A primeira manhã de trabalho está a terminar e nem dei pelo tempo passar! Concluindo a minha composição, curti bastantes dias de sol e de chuva, de muita chuva. As minhas bicicletas me carregaram por vários lados: Aproveitei a magia das manhãs, recordei alguns lugares marcantes (Aveiro, Régua, Lamego…), conheci novas vias cicláveis, novas paragens, até dei um salto à Galiza para ver passar a Vuelta! Ir para fora cá dentro é o que está a dar, e de preferência a pedalar.

a magia das manhãs do Porto

Respirar magia nas manhãs do Porto…

ir com amigos à pesca na ria de Aveiro

pescaria com amigos na ria de Aveiro…

a solo numa volta à chuva pela Régua

a solo numa voltinha à chuva pela Régua…

esperar pelo pelotón da Vuelta algures na Galiza

algures na Galiza vi passar o pelotón da Vuelta…

com amigos explorar novos caminhos

e com o amigo Jacinto me embrenhei na natureza pela ecopista do Minho.

Publicado em testemunho | Etiquetas , , , , , , , | 1 Comentário

férias são férias…

on my way back homeem breve estarei de volta :)

Publicado em outras coisas | Etiquetas , , , , , , , | Deixe o seu comentário

parabéns Rafa

tásse no Porto
Carpe Diem Baby…

Publicado em fotografia | Etiquetas , , , , , , , | Deixe o seu comentário

fotocycle [143] offshore! offroad! ofcourse…

offroad

Imagem | Publicado em por | Etiquetas , , , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

can’t miss [106] andancasmedievais.blogspot.pt

E viva a bicicleta!

Jardim do Cálem, Foz do Douro, Porto

Jardim do Cálem, Foz do Douro, Porto

“O paulofski, do blogue na bicicleta, deixou, neste meu post, estas interessantes informações sobre a situação dos ciclistas em Portugal, com destaque para o Grande Porto. São boas notícias e a opinião do paulofski coincide com a minha, por isso, aqui deixo o comentário (quase) na íntegra. A fotografia que ilustra este texto também é dele.”…

(lê aqui o comentário que deixei no blogue da Cristina)

Publicado em can't miss it | Etiquetas , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

rondas de bicicleta

Bombeiros dão assistência a praias da Figueira da Foz

Bombeiros Figueira da Foz“A iniciativa, que começou em 2003 e decorre pelo 12.º ano consecutivo, consiste no patrulhamento em bicicleta, por duas equipas de dois bombeiros credenciados em socorrismo, de um percurso de cerca de seis quilómetros, pela avenida marginal, adjacente às praias situadas entre o rio e o Cabo Mondego.

“Trata-se de uma iniciativa que visa contribuir para o aumento da segurança da cidade da Figueira da Foz nas áreas adjacentes às praias durante a época balnear e que, devido ao êxito alcançado nos anos anteriores (2003 a 2013), pretendemos manter”, refere, em comunicado, a direção da associação humanitária.

Asseguram o programa – que decorre aos fins de semana, até 07 de setembro – 57 bombeiros das corporações da Figueira da Foz, Gouveia e Penacova, estas duas ao abrigo de um protocolo de cooperação com os Voluntários da Figueira da Foz.

Cada uma das quatro bicicletas está equipada com material de emergência médica que “permite prestar cuidados primários de saúde” e equipamento adicional para teste de glicemia e monitorização de tensão arterial.

“Complementarmente, as bicicletas estão equipadas com meios portáteis de extinção de incêndio (extintores de espuma e de pó químico), que permitirão “debelar pequenos focos de incêndio”, adianta a associação.”

(fonte: www.dn.pt)

Patrulhas da GNR em bicicleta

GNR bicicletas“Patrulhas da GNR em bicicleta vão realizar ações de policiamento, fiscalização e apoio na Ecopista do Dão, entre Viseu e Santa Comba Dão e nas zonas do Caramulo e Termas de São Pedro do Sul. Este tipo de patrulhas que há vários anos existe nas zonas costeiras e balneares, chega agora ao interior, “para servir as populações através do designado, policiamento de proximidade e reforçar a segurança de moradores e turistas que visitam o nosso distrito”, anunciou o Comando Territorial da GNR de Viseu.

Segundo a Guarda Nacional Republicana as patrulhas ao deslocarem-se em bicicletas “permitem alcançar uma área muito mais extensa que o patrulhamento apeado, mais mobilidade na execução do serviço e uma maior proximidade da população quando comparada com o típico patrulhamento em veículos motorizados”.

Este tipo de patrulhamento passa também a integrar a Operação Floresta Segura, com o reforço de patrulhas nas zonas florestais.”

(fonte: www.jornaldocentro.pt)

 Bicicletas levam livros às praias de Cascais

leya cascais“Em parceria com a Câmara Municipal de Cascais, o projecto “Leya Cascais” vai colocar três bicicletas munidas de livros a circular por algumas praias da Linha de Cascais durante os fins de semana de Agosto.

As bicicletas irão circular pelas praias de S. João do Estoril, Poça, Azarujinha e Tamariz, das 10h30 às 19h00, oferecendo a possibilidade de empréstimo para leitura ou, caso o leitor preferir, a compra do livro que escolheu.

A ideia é aproximar a leitura e os livros aos leitores que se encontram de férias ou a frequentar as praias do Município de Cascais, assim como divulgar a rede de bibliotecas municipais. A oferta inclui não só livros para adultos, mas, também alguns livros em inglês e livros para jovens e crianças.”

(fonte: www.cm-cascais.pt)

Publicado em divulgação | Etiquetas , , , , , , , , , | Deixe o seu comentário