Arquivo de etiquetas: Rui

à Descoberta do Romeu…

A nossa recente pedalada, rodopiando o Douro pela N222 até à aldeia dos meus avós paternos, reavivou no espírito do meu amigo Manuel Couto o desejo de empreender uma viagem de bicicleta ligando as suas casas, entre Vila Nova de Gaia … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

rodopiando o Douro

Há uns dias voltei a estender o convite a mais amigos para rodopiar o Douro. O plano seria repetir o roteiro de outras aventuras, às aldeias dos meus avós, pelas estradas nacionais N108 e N222 quase até Vila Nova de … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários

teaser – rodopiando o Douro

Para quem por ele passa e nem se apercebe, este marco encontra-se ao quilómetro 120 da mítica estrada nacional 222, exactamente a meio da sua ziguezagueante extensão de asfalto, entre Vila Nova de Gaia e Vila Nova de Foz Côa … Continuar a ler

Publicado em motivação | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

teve graça, e eu ainda não tinha subido à Senhora da Graça!

Sexta-feira à tarde. Está um gajo sossegado a empaliar serviço, a fitar o relógio e magicar um fim de semana de praia a torrar ao sol, chega o Rui e deita água na fervura! “E amanhã, vamos à Senhora da … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

um Sayago Blues à minha moda

“Subo e desço este rio Da Miranda ao Araínho Sob a torreira e o frio Faço a escarpa brotar vinho … Rio abaixo rio acima A dar aos remos no rabelo Rio abaixo rio acima Sayago paira por cima O … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , , , | 1 Comentário

um pedal de simpatia

Não sou muito entendido nas relações humanas mas desde que recomecei a pedalar e a frequentar o mundo das bicicletas percebi que os seus utilizadores, embora focados na mesma prática de dar ao pedal, detêm algumas características e comportamentos muito … Continuar a ler

Publicado em o ciclo perfeiro | Etiquetas , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

reciclando [13] onde há um ciclista há um amigo

Quem se aventura a pedalar estrada fora entende muito bem o verdadeiro sentimento da amizade. Os ciclistas são rijos e são delicados ao mesmo tempo. São fortes para aguentar a dureza das distâncias, as contrariedades do clima e da estrada. … Continuar a ler

Publicado em o ciclo perfeiro | Etiquetas , , , , , , , | 3 Comentários

não é bem uma peregrinação, isto já é tradição…

Não há muita gente que acorde com as galinhas, a um Sábado, só porque lhes deu na telha pedalar mais de 200 km. Ainda para mais sair do quentinho do ninho e embrenhar-se no típico nevoeiro tripeiro. Talvez por isso … Continuar a ler

Publicado em marcas do selim | Etiquetas , , , , , , , , | Publicar um comentário

onde há um ciclista há um amigo

Quem se aventura a pedalar estrada fora entende muito bem o verdadeiro sentimento da amizade. Os ciclistas são duros e delicados ao mesmo tempo. São fortes para aguentar a dureza das distâncias, as contrariedades do clima e da estrada. Na … Continuar a ler

Publicado em o ciclo perfeiro | Etiquetas , , , , , | 4 Comentários