uma boa razão; uma boa ideia; uma boa notícia

Do Cabo da Roca ao Cabo Norte em bicicleta por um mundo melhor

“Pai e filha recém licenciada decidem fazer, de forma sustentável, a ligação entre o Cabo mais a Ocidente da Europa (o Cabo da Roca, em Portugal) e o Cabo mais a Norte (o Nordkapp, na Noruega) com um objetivo e uma razão.

Não queremos viajar só porque sim! Um dia tivemos conhecimento de um projeto que tem o nome de “Living Peace“, do movimento dos Focolares e logo achámos que tínhamos aqui uma boa razão, decidindo assim encetar esta iniciativa, também nós com o objetivo de promover a Paz e a Unidade Universal entre as pessoas. Desta forma o trajeto está desenhado de modo a passar pelo máximo de países Europeus bem como pelos quatro maiores santuários Cristãos: Fátima, Santiago, Lourdes e Vaticano. A esta distância temporal não podemos afirmar que contactaremos com o Papa Francisco, ainda assim acreditamos nessa possibilidade que está a ser tratada com o devido tempo.” […]

(podes ler o artigo completo em: https://ppl.com.pt/pt/amu/living-peace)

Jovens voluntários vão patrulhar Albergaria-a-Velha

““Patrulheiros” é o nome do projecto-piloto, desenvolvido pelo município de Albergaria-a-Velha, que vai levar os jovens da cidade a estar atentos a tudo o que se passa. Sobre duas rodas, os jovens voluntários vão “reportando ocorrências nas áreas florestais” e vão auxiliar “os peregrinos do Caminho de Santiago e de Fátima na passagem pelo concelho”, diz a Câmara em comunicado.

Nuno Ferreira, chefe de gabinete do presidente da Câmara de Albergaria-a-Velha, afirma que as equipas ainda estão em formação. “As patrulhas (de duas pessoas) vão começar já durante o mês de Agosto”, reitera. Para já, estão a ser preparados 10 jovens para patrulhar a cidade, nas cinco bicicletas disponibilizadas pela Câmara.” […]

(podes ler o artigo completo em: https://www.publico.pt)

Mais de 10 mil viagens de teste registadas na rede de bicicletas partilhadas de Lisboa

“A Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL) informou nesta segunda-feira que se registaram, em mês e meio, mais de 10 mil viagens de voluntários e convidados na fase de teste da rede de bicicletas partilhadas.

“Continuamos a transformar Lisboa numa cidade mais acessível com a ajuda de todos. Sabemos que ainda há muito caminho pela frente, mas já percorremos muitos quilómetros. Na verdade, já foram feitas mais de 10 mil viagens com o Lisboa Bike Sharing”, refere a EMEL, numa nota nesta segunda-feira enviada aos utilizadores.

A fase de teste do projecto arrancou a 21 de Junho, com a EMEL a estimar que durasse um mês. Contudo, deverá continuar a decorrer.” […]

(podes ler o artigo completo em: https://www.publico.pt)

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em divulgação com as etiquetas , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s