fotocycle [207] feito gato-sapato

Acontece com alguma frequência chegar a casa feito gato-sapato. Em primeiro lugar porque gosto de pedalar, desfrutar de um par de quilómetros de vento em poupa, engrenar as velocidades mais altas e voar através do ar. Embora seja certamente divertido de vez em quando, a velocidade não é realmente tão importante para mim. Aproveitar um daqueles belos dias de Primavera para enfrentar a impiedosa colina que nos leva ao topo da montanha, a vistas deslumbrantes e que nos deixam com um grande sorriso. Pedalar por horas ao longo de estradas rurais, no sobe e desce, apanhando sol, desfrutando da amizade e camaradagem. Depois o meu percurso leva-me através da cidade, onde há muita agitação, onde há cada vez mais grupos de pessoas de bicicleta, e isso é bom. Chegar a casa, parar e ficar a pensar: que dia maravilhoso, que desporto fantástico que transforma o “sofrimento” num enorme prazer!

Advertisements

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em fotocycle com as etiquetas , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s