a azulinha

a azulinha na clínica a receber um lifting

Um dos presentes mais formidáveis que uma criança pode sonhar é receber uma bicicleta. A Azulinha foi escolhida à medida do freguês, pois tinha de ser azul. Pesada como chumbo mas suave a rodar, esta pequena bicla ajudou o Rafa a crescer e a tomar o gosto pelas pedaladas.  A princípio ela o levava a passear com o pai e aos poucos foi-lhe dando uma liberdade e independência inéditas. Com ela, ele ia longe, rápido e sozinho a toda parte. Só que o Rafa foi crescendo e o seu selim não subiu mais. Foi trocada por outra bicicleta e acabou esquecida a um canto, a estorvar e sem serventia. No entanto a bicicleta tem várias vidas. Certo dia foi lembrada, levada e oferecida. Terá um novo dono para que volte a rodar em verdadeiras aventuras pelas ruas da vida. Para oferecer um belo sorriso a outra criança que com ela sairá em novas aventuras com um bando de amigos audazes e felizes.

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em bicicleta com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Uma resposta a a azulinha

  1. Pingback: e porque não Maria Del Lluvia! | na bicicleta

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s