o prometido é devido

A determinada altura do ano lectivo ele ficou a saber que caso tivesse boas notas seria premiado. E foi, o Rafa transitou para o 12º ano e como tal cumpri o prometido.

“Qual é o prémio pai?”
“Parabéns pá, tem calma que logo saberás”.

Neste último ano, e com o nosso apoio, ele teve a iniciativa de alargar as suas pedaladas diárias, comutando a ida para a escola com as deslocações para os treinos de judo, os ensaios de teatro, longas pedaladas para a casa dos avós ou simplesmente, who knows, “bisitar a chabala”. Todas essas voltas têm sido feitas na bicicleta da mãe, uma Del Sol toda fixólas mas com aquele ar não-sei-quê-de-bicicleta-da-mamã. Um modelo de 2003, bem construída e equipada, e que pr’além de muito bonita é perfeita para a função que tem tido. Mas era chegado o momento de aumentar o stock bibicletário da família – por este andar terei de alugar outra arrecadação lá no prédio!.

Calculado o budget e a par das preferências do jovem, procurei em primeira instância na net a bicicleta que tivesse o principal compromisso do preço e da qualidade. Entre várias possibilidades houve uma que me acenou e que parecia a escolha acertada. Na semana passada fiz um detour no meu percurso e fui vê-la ao vivo. A menos de duas semanas de completar 17 anos, informei então o Rafa qual seria o seu prémio, que de imediato rasgou um sorriso de orelha a orelha, e ontem levei-o ao “stander”, uma loja especializada para os lados de Bessa Leite.

Assim que entramos, olhou para as bicas perfiladas. Havia de todos os feitios e para outros bolsos, mas os seus olhos fitaram logo uma entre várias. “É esta”.

Epá, por sinal apontou logo para aquela que eu havia palpitado – só não me sai o totoloto!. A sua escolha foi a Crosstrail, uma bicicleta polivalente que combina um quadro muito eficiente, bonito e leve com as rodas 700c x 45. Tem tudo o que é necessário para a cidade, tem a capacidade para circular rapidamente no asfalto ou em terra, tanto para fazer uma longa viagem como para passear descontraidamente. É confortável, bastante prática e tem a possibilidade de, aos poucos, ser dotada de vários apetrechos utilitários. Notei a estranheza do vendedor pela falta de interesse deste jovem adolescente nas radicais bêtêtês xpto! Deve estar habituado a clientes menos habilitados, talvez não sei! Alguns minutos depois já estava a pedalar nela para casa.

para ele a bicicleta tem apenas um handicap, despentea-lhe as franjas!

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em bicicleta com as etiquetas , , , . ligação permanente.

3 respostas a o prometido é devido

  1. Bessa diz:

    Parabéns a ambos! Uma excelente escolha, uma bicicleta prática e polivalente. Cuidado com os amigos do alheio, que ela também é vistosa!

    Boas pedaladas!

    Gostar

  2. Pingback: a azulinha | na bicicleta

  3. Pingback: e porque não Maria Del Lluvia! | na bicicleta

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s