can’t miss [188] unotrocamino.wordpress.com

Todos Pedalean // Everybody bikes

“Si hay algo que nos emociona más que ver niñxs y familias en bicicleta es ver gente adulta que usa la bicicleta como su medio de transporte diario, esto habla de una cultura ciclística madura y de una infrastructura inclusiva. Fue un deleite en nuestro paso por Italia estar en ciudades como Mestre, Mantova, Bologna, Cremona, Pavía y por supuesto Ferrara, ciudad ciclística por excelencia, donde la presencia de la bicicleta es tan fuerte.

Basta con sentarse en un café o un escaño de plaza para ver pasar ciclistas uno tras otro, niñxs, abuelxs, hombres, mujeres, madres, jóvenes…”

[…]

(read more in: https://unotrocamino.wordpress.com/2018/01/22/todos-pedalean-everybody-bikes/)

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em can't miss it com as etiquetas , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a can’t miss [188] unotrocamino.wordpress.com

  1. Nelson Branco diz:

    Quando adquirimos hábitos desde tenra idade eles vão enraizando-se e depois é um processo cíclico, de nós para os nossos filhos… é uma coisa cultural e quando se torna em algo natural e intrínseco ao local onde estamos todos se respeitam e todos sabem ocupar o seu espaço. Nas voltinhas por Estarreja ou pelas Gafanhas o que mais me emociona são as pessoas menos jovens a pedalarem no seu processo de dia-a-dia, na mercearia, na padaria a conduzirem os mais jovens às escolas. Mas lá está… é algo em que os genes já vêm impregnados!
    Bonita partilha… obrigado e boa semana!

    Liked by 1 person

  2. paulofski diz:

    Agradeço-te desde já o teu relevante comentário.

    Para a maioria tuga é arrojado andar de bicicleta no dia-a-dia. Não estamos acostumados com a cultura da bicicleta, ok, mas, para tudo, tem de haver vontade e disponibilidade. Existe ainda o preconceito que a bicicleta atrapalha o trânsito, quando todos sonham com carros cada vez maiores e mais potentes para depois entupir as estradas. E a situação fica ainda pior porque falta planeamento urbano onde tudo é construído para dar mais espaço aos carros e nada se faz para ajudar os ciclistas. Então é preciso também criar vontade, a aprender, a pedalar, a ser independente. A possibilidade saudável da bicicleta como transporte é um princípio fundamental nessa abordagem de mudança de hábitos, ao estímulos, generalizado que a actividade física e a bicicleta são um meio eficaz para desobstruir artérias e driblar o sedentarismo.

    Liked by 1 person

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s