é possível ir às compras de bicicleta, já estacionar…!!!

Quando regresso do trabalho às vezes preciso de fazer umas compras pelo caminho. Uma garrafa de vinho, um pack de cerveja, amendoins ou tremoços, coisas do género. Comigo, de bicicleta, a lógica é inversa, não tenho a tarefa de fazer as compras do mês. Essas deixo-as para a minha cara-metade trazer no porta bagagens do carro, o seu único meio de transporte casa-trabalho-casa possível. O ideal seria parar à porta da mercearia da rua, entrar e regatear com o merceeiro, quem sabe se não venderia fiado, como fazia a D. Emília na sua antiga mercearia que apontava no livrinho para a minha mãe pagar no final do mês! Os hipermercados são uma invenção sensaborona, sem personalidade, feitos para quem só anda de carro. Depressa os belmiros e jerónimos deste país quase acabaram com o pequeno comércio. A mercearia da rua está fechada faz tempo.

Sé é para comprar pão eu não vou ao hipermercado, mas para adquirir géneros de mercearia em falta a grande superfície que construíram perto de casa tornou-se um mal menor. Deixar a bicicleta amarrada a um poste não é, nem de longe, a melhor alternativa. No entanto, e não havendo alternativa, o abrigo dos carrinhos de compras tem servido de desenrascanço.

bike park improvisado no Pingo Doce
O crescente uso das biclas deveria incitar o comércio a querer fidelizar clientela usando bicicletários para garantir o acesso do consumidor e para ser usado por funcionários. Para além de atrair novos consumidores, que aproveitam para parar, entrar no estabelecimento e comprar algo, também fideliza a clientela, já que os ciclistas tendem a dar prioridade a locais onde possam deixar suas bicicletas em segurança. E isto vale para todo o tipo de comércio. Havendo estacionamento para carros e motos, porque não um espaço para as bicicletas? É uma forma de agradar aos clientes. Cafés, restaurantes, lojas, supermercados e shoppings são alguns dos locais que já oferecem espaço de estacionamento ao automóvel e que poderiam reservar um pequeno espaço para deixar os seus clientes tranquilos enquanto fazem as suas refeições ou compras. Instalar um suporte adequado para bicicletas (o do tipo U invertido) não exige um investimento avultado. Um espaço exclusivo para as bicicletas deixa o estabelecimento com uma imagem muito positiva, mostra que tem a consciência ambiental e de incentivo à mobilidade sustentável. Vale muito a pena pensar e investir nisso.

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em motivação com as etiquetas , , , , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a é possível ir às compras de bicicleta, já estacionar…!!!

  1. é preciso ter cuidado, vinho e bicicleta é uma mistura extremamente perigosa sobretudo se considerando que à volta existem muito adictos ao consumismo automobilístico, estes o mais grave problema relacionado com o vinho uma que com frequência estes últimos são pilhados com vinho por dentro e não mochila….

    Gostar

  2. paulofski diz:

    perfeitamente de acordo caro amigo, porém, e no caso, para além do vasilhame viajar camuflado o nectar é servido ainda fresco, em casa ou sob a sombra numa toalha de pic-nic. simples vantagens de se transportar o que se quer na bicicleta. 🙂

    Gostar

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s