modo férias

modo férias
E eis que é chegada a minha vez! Adeus horários, papeis, telefone, e-mails, chat…ices, rotinas, dias úteis e inúteis que só me trazem trabalhos. Não, eu não fui promovido nem tão pouco me saiu o euromilhões. Junto-me assim à malta do ripanço. Todos precisamos destes intervalos, sem horas para nada, para coisíssima nenhuma. Só faço planos de estender a toalha nas areias escaldantes à beira-mar, aproveitar a pacatez campestre da aldeia e cumprir a já tradicional pedalada até Fátima, que foi maravilhosamente cumprida este Sábado de novo na companhia do meu amigo Rui e pela primeira vez com o amigo Jacinto.

A verdade é que a capacidade de motivação e criatividade dão já sinais de bateria fraca. Já alguém disse que a silly season é quando um silly man quiser, portantos… Deixem-se estar, eu vou aparecendo aqui quando muito bem quiser! Até lá… só mesmo a bicicleta não terá direito a férias…

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em o ciclo perfeiro com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s