notícias, de Norte a Sul

Mais novos desafiados a pedalar pela saúde e com segurança

“A partir do próximo sábado, a Escola de Educação Rodoviária de Braga, em colaboração com a Associação de Cicloturismo, abre as portas ao público nos primeiros sábados de cada mês. ‘A pedalar estamos a exercitar’ vai ao encontro do objectivo de “dar um maior dinamismo à escola”, justificou a vereadora da Educação da Câmara Municipal de Braga, Lídia Dias, dando assim mais um passo na formação e sensibilização.

A actividade, dirigida a crianças e jovens, dos 5 aos 18 anos, irá decorrer entre as 15 e as 17.30 horas, devendo as crianças ser acompanhadas por um adulto. O convite é dirigido a todos, até ao máximo de 25 participantes por sessão, que não sabem andar bem de bicicleta e gostavam muito de aprender. E aqueles que não tiverem bicicleta, a Escola de Educação Rodoviária tem para emprestar. “Ao dispor estarão monitores experientes e disponíveis para orientar e apoiar as crianças durante toda a actividade”, adiantou a vereadora, referindo que a participação é gratuita.

As ‘aulas’ pretendem, para além de ensi nar a andar de bicicleta, “dar nota da conduta correcta de um ciclista na rua”, adiantou a vereadora. Portanto, “para além dos benefícios para a saúde, pretende-se sensibilizar para o uso da bicicletas e para as regras na estrada”, defendeu Lídia Dias, destacando ainda o facto deste projecto proporcionar mais uma actividade em família.

Neste momento, a pedido de vários agrupamentos, a Escola de Educação Rodoviária “já promove actividades interessantes nas próprias escolas”, adiantou aquela responsável.” […]

(lê a noticia completa em: http://www.correiodominho.com/noticias.php?id=101899)

Aveiro quer mais ciclistas envolvidos no European Cycling Challenge

“Os Municípios da Região de Aveiro apelam à participação no European Cycling Challenge. Pelo segundo ano consecutivo a Comunidade Intermunicipal (CI) da Região de Aveiro participa nesta iniciativa de incentivo à mobilidade sustentável.

O ECC 2017 decorre durante o mês de maio (1 a 31 de maio), período durante o qual todos os quilómetros pedalados serão somados para se encontrar um vencedor.

O Município de Aveiro “apela a todos os munícipes que participem de forma a repetir o primeiro lugar nacional alcançado em 2016 e melhorar o 39º lugar a nível europeu”.

Com esta ação pretende-se promover o uso da bicicleta, a aposta na mobilidade regional e promoção da “Região de Aveiro, Capital da Bicicleta”.

A iniciativa dos municípios passa por fomentar a mobilidade sustentável e são inúmeras as ações que procuram desenvolver esse gosto pelo uso da bicicleta seja pela aposta no lazer ou pelo uso quotidiano da bicicleta.” […]

(lê o artigo completo em: http://www.terranova.pt/noticia/sociedade/aveiro-quer-mais-ciclistas-envolvidos-no-european-cycling-challenge)

Lisboa recebe passeio de bicicleta só para mulheres

“A iniciativa “Cyclo Femme“, um movimento internacional que pretende convencer as mulheres a andarem mais de bicicleta, chegou a Lisboa. Esta ideia nasceu em 2012 por uma ciclista norte-americana, está registada em 11 países e é através do Facebook que as ciclistas organizam os seus passeios. Marque na agenda: 14 de maio, domingo.

A entrada é gratuita e todos os participantes devem levar a sua bicicleta. Além disso, é essencial levar o material necessário para conduzir em estrada e nas ciclovias, como roupa confortável ou até capacete. E não se esqueça de levar água.

O passeio vai ser feito pela zona ocidental de Lisboa e ainda não tem ponto de partida definido. Deverá ser no Marquês de Pombal ou no Terreiro do Paço — a organização vai confirmar o local exato na página de Facebook mais perto da data do evento.

Seja onde for, entre as 15h30 e as 19 horas, a capital vai encher-se de mulheres a pedalar pela Praça do Comércio, a Avenida da Liberdade ou o Saldanha.” […]

(lê o artigo completo em: https://nit.pt/fit/ginasios-e-outdoor/lisboa-recebe-passeio-de-bicicleta-so-para-mulheres)

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em divulgação com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a notícias, de Norte a Sul

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s