can’t miss [147] expresso.sapo.pt/internacional

Quando casarem, proponham como condição do casamento andar de bicicleta

"Ms. Suleiman, center, and other women with their bikes in Gaza on Friday." in http://www.postnewsreport.com/in-gaza-bicycles-are-a-battleground-for-women-who-dare-to-ride/

“Ms. Suleiman, center, and other women with their bikes in Gaza on Friday.” in http://www.postnewsreport.com/in-gaza-bicycles-are-a-battleground-for-women-who-dare-to-ride/

“Amna, Salibi, Nour e Asala chocam quem passa por elas na rua. Motivo? Andam de bicicleta, uma rebeldia que desafia as regras que o Hamas impõe às mulheres

Condição de casamento: pedalar

A amiga Salibi, que diz que pedalar a faz “sentir-se livre”, passou em dezembro a acompanhá-la nestes passeios, sendo que as duas são as primeiras mulheres em anos a atrever-se a fazê-lo de forma pública. Foi com Salibi, a sua irmã Nour, de 21 anos, e a amiga Asala que Suleiman pedalou esta sexta-feira em Salahoddin Road, para espanto de quem por ali passava. As quatro mulheres ouviram buzinadelas de combatentes do Hamas, críticas e muitos piropos, que ignoraram, sentando-se numa zona de relvado para um piquenique. Ali, Suleiman disse às companheiras: “Vocês são jovens. Quando casarem, proponham como condição do casamento continuarem a pedalar”. Elas reagiram com risos.”…

(podes ler todo o artigo em http://expresso.sapo.pt/internacional/2016-02-23-Quando-casarem-proponham-como-condicao-do-casamento-andar-de-bicicleta)

In Gaza, Bicycles Are a Battleground for Women Who Dare to Ride” é o artigo de Wissam Nassar do The New York Times onde conta a irreverência e arrojo destas quatro mulheres que desafiam todas as convenções no selim das suas bicicletas pelas ruas de Gaza.
Podes ler o artigo de Wissam Nassar em: http://www.postnewsreport.com/in-gaza-bicycles-are-a-battleground-for-women-who-dare-to-ride/

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em can't miss it com as etiquetas , , , , , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s