passageiro de meio mundo

“Quantas vezes vos passou pela cabeça agarrar numa bicicleta e partir à descoberta do mundo?
Arriscamos a dizer que seguramente já o fizeram. Mas por alguma razão nunca chegaram a dar a primeira pedalada aventureira.
Pouco são aqueles que o fazem, pois não é uma decisão fá…cil. Mais ainda quando se viaja em regime solitário.
Foi por esses trilhos que encontrámos Idílio Freire, um português que se aventurou a sair do nosso lugar ao sol e entre uma pedalada e a outra conheceu meio mundo.

Economista no Instituto Nacional de Estatística, desde 1992, Idílio é um desportista indisciplinado, viajante apaixonado e um aventureiro audaz: “Numa dimensão mais física e mental, procuro a adrenalina, os limites; mas também o fio da navalha e, com ele, um patamar de equilíbrio sempre superior. A superação. Do ponto de vista intelectual, move-me a curiosidade, a individualidade, as vivências, a natureza, a cultura. O conhecimento. Numa perspectiva humana, ver, viver, sentir “o outro”, o “estranho” que é o nosso semelhante do outro lado do mundo, na diversidade, no contraste que flagela um continente, um mundo – o nosso mundo.”

A Matilha Cycle Crew em parceria com a Casa da América Latina gostaria de vos convidar a ouvir o Diário de Viagem de um ciclista em regime solitário do Canadá à Argentina.
Num ambiente descontraído e informal vamos conhecer as história e as peripécias de quem visitou 15 países ao longo de 14 meses. Uma boa oportunidade para ganharmos inspiração, conhecermos as dificuldades e as alegrias de viajar de bicicleta para que um dia talvez, sejamos nós os Passageiros de Meio Mundo.

Entrem nesta viagem com data marcada para dia 13 de Março às 21 horas na Casa da América Latina – Av. 24 de Julho 118-B, Lisboa.

A não perder temos também o pré-lançamento exclusivo do número 2 da revista B – Cultura da Bicicleta.

Contamos com a vossa presença

Matilha Cycle Crew””

Agradecimentos:
Idílio Freire – bacalhaudebicicletacomtodos.blogspot.com
Casa da América Latina – www.casamericalatina.pt
Revista B – facebook.com/B.CulturadaBicicleta
Cenas a Pedal – www.cenasapedal.com/
Câmara Municipal de Lisboa

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em divulgação com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s