uma válvula de escape

a bordo do Flor do Gás, uma viagem entre Porto e Gaia, ao sabor do vento

Pedalar pela cidade é, já de si, uma experiência agradável, mas se o fizermos depois de picar o ponto, numa tarde quente de Outono, o regresso a casa é ainda mais saboroso. Desci a Restauração, na bolina, para desaguar no rio, que é D’ouro e que naquele instante resplendecia prateado pelo sol . Na marginal deixei o frenesim do asfalto e assentei as rodas no passeio, ribeirinho, serpenteando por canas de pesca, bicicletas e o povo que circulava num ritmo diferente, descontraído. Turistas de mapas e câmaras fotográficas em punho, acarretando bicicletas para o bucho do “Flor do Gás”, num acrescento de novidade, navegando para a outra banda, apreciando o monumento.  O passeio traz vários benefícios, abranda-se o ritmo acelerado, ganha-se tempo para apreciar a paisagem, respirar a maresia, assentar ideias, apanhar sol, saborear um fino enquanto se escutava o gracejar batoteiro de jogadores de sueca. Num simples e demorado percurso a pedais, a nossa vida pode melhorar consideravelmente, pois enquanto o fazemos abstraímo-nos do dia-a-dia e as preocupações passam para segundo plano, ou tendem a não parecer tão relevantes. E se assim não for, há que fazer um esforço para que os obstáculos não perturbem este momento íntimo, este Douro Bike, que é uma pedalada a sós. Um regresso tranquilo a casa, onde se pode apreciar o passeio, vendo e assimilando a cidade, o mundo que nos circunda, vivendo cada forma, cor, brisa, aroma e sensações.

Se eu podia regressar pelo percurso do costume, podia, mas não seria a mesma coisa.

 

 

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em testemunho com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s