passando vertigens

Após mais de cinco datas anunciadas para a inauguração, o Teleférico de Gaia iniciou ontem a circulação. Muita gente saiu à rua no “ver para crer”, desconfiada da noticia, que tinham visto na televisão, pois talvez tivesse sido preparada por se tratar do dia das mentiras.

No percurso entre o Jardim do Morro e o Cais de Gaia, 562 metros, o teleférico propõe-se transportar os utentes desde a cota alta até à cota baixa, ligando o Metro à zona ribeirinha. Para início de novidade, foram transportadas 400 pessoas no dia inaugural. E a vox populi depressa destravou, porém não exaltava a maravilhosa vista sobre o Douro, o Porto e Gaia, nem o benefício que o teleférico trás à mobilidade. O preçário era o grande tema de conversas: “Como é possível uma viagem de ida e volta custar nove euros?!”. Vai ser outro elevador da Lada!”. “Isto é só para turista ver!”. Se até os turistas lamentaram o preço das viagens…

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em mobilidade com as etiquetas , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s