grizo e chuva, perfeito!

Andar de bicicleta nesta época do ano é previsivelmente imprevisível. Mesmo que ontem tenha estado um magnífico sol de Outono, a chuva veio para ficar. O Inverno ainda não chegou mas já está um grizo daqueles. Esta noite o termómetro desceu muito para de manhã estacionar nos 3º C, mais coisa, menos coisa. A meteorologia promete chuva e frio para os próximos dias. Manhã cedo, olho de soslaio pela janela, panorama cinzento, um manto de nuvens ameaçadoras. Ponho o nariz de fora e estico o braço… Brrrrrr… que briol, pelo menos não chove!

>oitavo andar

Um dos muitos desafios que o ciclista tem de enfrentar é combater o frio e manter o corpo quente. Antes de sairmos de casa a pedalar, especialmente de manhãzinha ou ao cair da noite, o melhor é estarmos preparados para bater o dente. Seguindo algumas regras básicas, levando a vestimenta necessária e acessórios a adoptar, estaremos precavidos para as mudanças de humor do clima. Nada a temer, pé no pedal e arrisca-se a pedalada mesmo que o tempo esteja de maus humores

Quem nos observa fica com um olhar admirado, não tanto pelo que vestimos mas pela forma como abordamos o mau tempo numa bicicleta. Qualquer que seja o clima, nada significa uma mudança radical no nosso ritual. Com roupas em camadas, confortáveis e quentes, fica-se com a sensação de ser uma salsicha, e uma vigorosa pedalada é suficiente para permear o corpo com um calor consolador, pois nós sabemos como a bicicleta é mais que um aquecedor com rodas.

Até que a chuva lá aparece, pontual, para nos cumprimentar.

Verão Azul

Advertisements

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em ele há coisas! com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

3 respostas a grizo e chuva, perfeito!

  1. Nelson Branco diz:

    Citando algo que li… “E se chover enquanto vais a pedalar o que fazes? – Apanho-a.”
    Ainda hoje, enquanto fazia uma pausa para café lá no emprego, falei sobre o facto de não haver uns chuveiros para quem vem de bike, seria bastante útil nestes dias e em outros também.

    Gostar

  2. paulofski diz:

    Quando amiúde me vão questionando, eu respondo: “Pois, uns sentem a chuva, outros apenas se molham” e “está frio? vai pedalar!”.

    Nesse campo, o da falta de chuveiros no emprego, é um factor que demosbiliza muito boa gente a optar pelo commuting invés do automóvel. Eu cá sou um priveligiado, tenho essa facilidade, embora não a use uma vez que a distância não chega a 5 km e à hora que o faço ainda está fresquinho.

    Liked by 1 person

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s