uma ideia, uma observação e uma funcionalidade

Braga quer pôr ciclovias à porta de casa de 100 mil pessoas

ciclovias Braga“Câmara prepara uma rede ciclável no concelho com 76 quilómetros para responder à quadruplicação do número de utilizadores em três anos.

Ainda não saiu do papel, mas é uma ideia que pode revolucionar uma cidade em que o automóvel tem sido dono e senhor do espaço público. A câmara de Braga está a ultimar um plano de alargamento das ciclovias no concelho que tem como objectivo criar uma rede utilizável por bicicletas com 76 quilómetros de extensão. Caso o plano seja concretizado, haverá uma ciclovia praticamente à porta de casa de 100 mil bracarenses, um pouco mais de metade da população do concelho.

O projecto da Câmara de Braga, a que o PÚBLICO teve acesso, apresenta um mapa em que, no máximo, será preciso percorrer 300 metros entre a casa de cada um dos habitantes servidos pela ciclovia e um troço da rede. “É a distância que se estima que um ciclista esteja disposto a percorrer a pé e que corresponde a cerca de cinco minutos”, explica o vereador do Urbanismo, Miguel Bandeira.”…

(continuar a ler aqui)

Carris de eléctrico desativados são armadilha para ciclistas

trilhos de electricos“A falta de manutenção dos carris de elétricos abandonados nas ruas de Lisboa representa um perigo acrescido para ciclistas e motociclistas. Atenção redobrada e uma condução preventiva são conselhos para quem não dispensa as duas rodas na cidade. Quem é o responsável por estes troços é uma questão antiga, opondo a Câmara Municipal de Lisboa e a Carris.

Descer a Avenida Almirante Reis de bicicleta é um verdadeiro passeio. Quase não é preciso pedalar e podemos desfrutar da viagem por uma das maiores avenidas de Lisboa de cabelo ao vento. Basta ter os cuidados normais com o trânsito e também para não ganhar muita velocidade. Na zona dos Anjos, no entanto, surgem no chão os carris dos elétricos e mesmo o ciclista menos experiente sabe instintivamente que tem de redobrar a atenção para que as rodas não vão parar na ranhura dos carris. Nos carris da Almirante Reis passa o 28, que liga os Prazeres, em Campo de Ourique, ao Martim Moniz, mas existem em Lisboa muitos carris onde há muitos anos não passa nenhum amarelinho – nem de nenhuma outra cor.”…

(continuar a ler aqui)

Vais andar de bicicleta? Verifica as elevações do terreno no Google Maps

gmaps elevacao terreno“Em alguns países, é possível planear passeios de bicicletas no Google Maps, fazendo uso da base de dados que este tem de percursos específicos para pedalar. O Maps diz-nos qual o melhor trajecto, quanto tempo ele dura a completar e agora também qual a elevação do terreno.

A funcionalidade existe nos 14 países onde estão disponíveis os percursos de bicicleta: Áustria, Austrália, Bélgica, Canadá, Suíça, Alemanha, Dinamarca, Finlândia, Reino Unido, Holanda, Noruega, Nova Zelândia, Suécia e EUA.”…

(continuar a ler aqui)

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em divulgação com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s