fazer “montanhas” de quilómetros

foto Ricardo Cruz

foto Ricardo Cruz

Não há sensação tão boa quanto a de viajar por um lugar bravio. Pedalar por onde podemos tocar os espíritos da natureza, ouvir e sentir as pessoas, o ar pitoresco das aldeias, os animais, sinos e canções antigas. A terra lavrada, o ritual do campo, onde a vida corre lindamente, contrastando com o cinzento do horizonte. A paz e sossego que conseguimos encontrar quando nos afastamos das cidades, pedalando apenasObservar o movimento das nuvens, os vales de manto verde, onde pedalar por entre eles, no ziguezegue da estrada, torna a viagem no mais puro prazer. Caminho aberto, subida após descida… após subida. Pedalar aqui, é trazer para junto de nós a nossa existência. Gosto de estar ali, perto, bem perto, a fazer as delícias da minha máquina fotográfica. Fazer “montanhas” de quilómetros, com mesma audácia que nos faz continuar. E assim o fizemos! 

bull horn para hipsters

bullhorn para hipsters

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em marcas do selim com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s