bici’stória [6] bicycle store

Comprou uma bicicleta. É clássica, confortável, estilo cruiser dos anos 30, preta com cromados, tem selim de cabedal castanho, cesto e campainha. Percorreu com ela as ruas da cidade, com a calma de um passeio. Da loja à Praça não chega a dez minutos. Toma um café e compra o jornal. Depois, daí a casa são cerca de trinta minutos, pela marginal do rio e atravessando a ponte no meio de toda uma multidão de outros ciclistas e peões domingueiros. A cidade é pequena, transversalmente, e a pedalar na bicicleta ainda o é mais. Comprou uma bicicleta. É clássica e modelo de senhora. É para ti. Está à tua espera para quando a quiseres.

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em bici'stória com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s