sistema de partilha de bicicletas em Santarém

A Câmara de Santarém comprou 40 bicicletas que vão integrar a rede de bicicletas de uso partilhado. Quem quiser usufruir do serviço terá apenas que aderir ao “Projeto Biks – Liberdade em Movimento” para receber o respectivo cartão de utilizador.

Trata-se de um sistema de partilha de bicicletas, inserido no programa nacional Bikesharing, que permite durante três anos a utilização destas bicicletas de forma gratuita.

O acesso ao serviço está condicionado à utilização do cartão municipal – Liberdade em Movimento, que poderá ser solicitado no posto de turismo de Santarém, de forma gratuita, para todos os utentes maiores de 14 anos. Os residentes podem pedir um cartão válido por um ano, já os visitantes e turistas apenas podem usufruir de um cartão válido por uma semana que poderá ser renovado.

O uso das bicicletas está limitado, por um prazo de quatro horas, aos espaços determinados pelo município e que podem ser consultados nos quiosques no acto do levantamento da bicicleta.

O sistema vai integrar, no total, quatro pontos de estacionamento de bicicletas na cidade. Por enquanto apenas estão disponíveis dois pontos de levantamento de bicicletas – no Jardim da Liberdade e junto aos Correios – cada um com 10 veículos. Em breve será disponibilizado novo ponto junto ao Instituto Politécnico e, mais tarde, um último ponto, junto à Escola Secundária Sá da Bandeira.

A rede foi inaugurada na semana passada. No lançamento do novo serviço, João Leite sublinhou que o objectivo é promover “a utilização dos jardins e das ciclovias, promovendo também a mobilidade da  população e a prática de desporto, através das bicicletas” que são um “equipamento amigo do ambiente”.

O vereador salientou ainda que outra das valências destas bicicletas é o facto de terem um cesto que permite aos utilizadores, para além do passeio, a “possibilidade de fazerem as suas compras no comércio tradicional”, diz o comunicado da autarquia.

Clique AQUI para consultar o regulamento do “Projeto Biks – Liberdade em Movimento”.

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em divulgação com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a sistema de partilha de bicicletas em Santarém

  1. Anónimo diz:

    Grandes notícias…

    Pequenos passos que para mim mostram evolução! Evolução da consciência, sobre o indivíduo, o ambiente, e a sua relação com o mundo!

    Gostar

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s