noticias do dia… enquanto isto, no Porto nicles, batatoides!

Rede de bicicletas partilhadas chega a Lisboa em Junho

“A partir de Junho, Lisboa vai ter uma rede de bicicletas partilhadas. Em Março, o projecto avança para a zona do Parque das Nações ainda num registo experimental.

A novidade foi partilhada por Luís Natal Marques, presidente da Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL), que informou que a rede vai contar com 1410 bicicletas por toda a cidade.

Destas 1410 bicicletas, 940 serão eléctricas e 470 convencionais, e estarão distribuídas por 140 estações ao longo da cidade. 92 bicicletas estarão no planalto central da cidade, 27 na baixa e frente ribeirinha, 15 no Parque das Nações e 6 no Eixo Central, nas avenidas Fontes Pereira de Melo e da Liberdade.

Em Outubro de 2015, a EMEL lançou um concurso público para “aquisição, implementação e operação do Sistema de Bicicletas Públicas Partilhadas na cidade de Lisboa”. 23 milhões de euros serão investidos nesta nova rede de bicicletas partilhadas, com a empresa Orbita a ficar responsável pela aquisição do sistema e pela manutenção nos próximos nove anos.”

(fonte: http://greensavers.sapo.pt/2017/01/29/rede-de-bicicletas-partilhadas-chega-a-lisboa-em-junho/)

Braga alinha estratégia para Mobilidade Urbana

“Estando já oficializada a integração de Braga na Rede CityMobilNet, o Município de Braga promoveu uma sessão de trabalho, no âmbito do programa URBACTIII, com os diversos agentes da Rede Local para a Mobilidade, no sentido de discutir, partilhar e executar as acções previstas.

Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, referiu que a visão para a cidade está vincada, a rede e o local de discussão estão definidos e os projectos de execução estão em curso. “Estamos alinhados e concertados na visão que temos para o Concelho. Até 2025, temos a ambição de duplicar o número de passageiros nos transportes públicos; reduzir em 25% o número de automóveis; atingir os 10 mil utilizadores de bicicleta e proporcionar uma urgente diminuição da velocidade praticada na cidade, assim como intervir na rede pedonal”, referiu

Nesta sessão, que decorreu no edifício gnration, o Município deu início aos trabalhos de desenvolvimento do Plano de Mobilidade Sustentável que, por oportunidade do quadro comunitário vai acompanhar, participar e monitorizar a execução dos projectos previstos pela autarquia no âmbito do PEDU e que envolvem a construção/beneficiação na rede ciclável, pedonal e de transportes públicos.”

(ler mais em: https://www.cm-braga.pt/pt/0201/home/noticias/item/item-1-5191)

Mobilidade urbana em bicicleta com encontro marcado para Lisboa

“Nos próximos dias 4 e 5 de Fevereiro, o Mercado do Forno do Tijolo, em Lisboa, vai receber o Encontro Nacional de Grupos Promotores da Mobilidade Urbana em Bicicleta. Nesta segunda edição, o evento pretende a criação de uma estratégia nacional no âmbito do activismo pela mobilidade em bicicleta e a sua defesa e promoção.

A agenda para o primeiro dia do encontro terá como oradores a presidente da junta de freguesia de Arroios, Margarida Martins (por confirmar), o presidente da câmara municipal de Lisboa, Fernando Medina (por confirmar) e Elina Baltazi, da Federação Europeia de Ciclistas (ECF).

O encontro de dois dias vai proporcionar dinâmicas de trabalho em grupo e deverá abordar assuntos como a melhoria da comunicação entre as diferentes organizações de promoção do uso da bicicleta e uma maior articulação de iniciativas e temas relevantes no contexto da mobilidade urbana em bicicleta e da sua promoção.

Este será o segundo encontro nacional de grupos promotores da mobilidade urbana em bicicleta, tendo o primeiro sido realizado em Aveiro, em Fevereiro de 2016. A edição deste ano é organizada pela MUBi (Associação para a Mobilidade Urbana em Bicicleta), que convida os interessados, através de comunicado, a inscreverem-se no evento.

O primeiro encontro, realizado em Aveiro, foi descrito como “uma primeira experiência muito positiva”, tendo agora sido traçado o objectivo de estabelecimento de “uma rotatividade e organização periódica destes encontros nacionais”.”

(fonte: http://www.smart-cities.pt/pt/noticia/mobilidadeurbana-encontro-bicicletas3101/)

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em divulgação com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a noticias do dia… enquanto isto, no Porto nicles, batatoides!

  1. Façamos uma conta: 1410 bicicletas, 940 eléctricas e 470 convencionais. Se as eléctricas custarem 1000€ cada e as convencionais 100€ temos aqui uma despesa de quase 1.500.000€.
    Mais um Concurso Público para encher os bolsos a alguém.
    Este valor, comparado com o que se tem gasto em obras nos últimos tempos, são “peaners”, bem sei mas, ainda assim… pergunto-me: Será que a Câmara Municipal de Lisboa do Medina já pagou a dívida de 400 milhões que herdou da Câmara Municipal de Lisboa do Costa???…

    Gostar

  2. paulofski diz:

    bem apanhado!

    Gostar

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s