o Cycle Chique e o Cycle Choque

No Sábado houve Cycle Chique

Minibus ou a capacidade de carga que uma bicla tem em “Um passeio em família”

Cycle moves e o fotógrafo regista

Bem comportadinhas, no Velo Culture bike rack, à espera dos donos

Depois, ontem, tive um Cycle Choque!

A aguardar a debandada dos gnus…

O dia era da Terra e o cenário foi este: entre terra queimada e as cores do litoral

Olha, outra piscina olímpica!…

… onde aqui o tonso havia de meter a pata na poça!

Tempo de uma merendinha rápida à beira rio. O rio é o Neiva.

“Oh pá, cuidado com os cornos… com o capacete!”

E à chegada, no bike wash, fui encontrar Mr. Tiago, the Alley Cat champion.

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em motivação com as etiquetas , , , , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a o Cycle Chique e o Cycle Choque

  1. T diz:

    Põe choque nisso. Doem-me músculos que não sabia que tinha.

    Gostar

  2. paulofski diz:

    Pois os meus reclamaram comigo ainda nem ia a meio do lodaçal.

    Gostar

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s