fotocycle [136] até o sol anda mascarado

As novidades do mundo nada têm de novidade. Nem do coronacoiso, que não nos dá tréguas, nem mesmo as notícias do outro que se barricou na uaitehause e de lá não quer sair. É que nem vamos por aí porque o momento não está para aturar malucos. Nem os dessa estirpe nem os negacionistas que acham que contestam os perigos da Covid-19.

A todo o speed chegamos ao nível avançado da pandemia. Não está fácil terminar este jogo! As coisas não estão a melhorar e o Ser Humano, além de uma estupidez infinita, consegue piorar as coisas, inventando outras coisas igualmente estúpidas. É o oito ou oitenta, pra desgraçar de vez.

Não se esqueçam que amanhã e domingo, às 13 horas, o xôr Costa quer toda a malta em casa, senão levam tau-tau. Bom fim de semana, bom São Martinho, com castanhas e vinho, e acima de tudo divirtam-se, protejam-se e, nunca fiar, façam como o Trump… Fiquem em casa.

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em fotocycle com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s