o regresso às aulas

Câmara de Almeirim quer crianças a andar de bicicleta

Almeirim“A Câmara de Almeirim começou esta semana a vender bicicletas a custo reduzido destinadas a crianças do concelho, num incentivo à aprendizagem e a uma mobilidade amiga do ambiente, disse hoje à Lusa o presidente do município.

Pedro Ribeiro explicou que, no âmbito de uma política iniciada há uma década pelo município com o projecto Almeirim on bike, o executivo decidiu alargar o programa de venda de bicicletas a custo reduzido aos mais pequenos, “porque é de pequeno que se aprende” e só com o uso frequente e alargado deste meio de transporte será possível cumprir as directivas europeias relativas à mobilidade e à redução do dióxido de carbono. “Verificámos que cada vez há mais miúdos que não sabem andar de bicicleta. Este programa é um incentivo a que aprendam”, afirmou.”…

Lê a notícia completa em: www.publico.pt/local

Uma bicicleta para usares na universidade

Universidade de Aveiro“E se houvesse uma prenda para te acolher na universidade? Falamos concretamente de uma bicicleta para te deslocares pelo campus!

O projeto U-Bike Portugal vai atribuir bicicletas às comunidades académicas de 15 instituições de Ensino Superior. De todas as candidaturas submetidas pelas universidades e institutos politécnicos, este foi o número de instituições aprovadas, o que significa que nestes campus, haverá bicicletas para quem quiser usar.

A Universidade de Aveiro (UA), por exemplo, vai comprar 142 bicicletas convencionais e 97 elétricas para distribuir pelo campus e pelos pólos associados. Toda a comunidade académica da instituição poderá usá-las em regime de aluguer de longa duração, e elas devem começar a estar disponíveis no final deste ano, início de 2017.

De resto, também as Universidades de Évora, da Beira Interior, de Trás-os-Montes e Alto Douro, do Porto e do Minho, a Universidade Nova de Lisboa, o ISCTE, o Instituto Superior Técnico, e ainda os Institutos Politécnicos de Leiria, de Beja, de Viana do Castelo, de Bragança, do Cávado e do Ave e do Porto obtiveram aprovação do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

Ao todo, vão passar a existir 3234 bicicletas – 2096 elétricas e 1138 convencionais – em instituições de Ensino Superior, e o objetivo é claro: alterar os comportamentos de mobilidade, apostar na sustentabilidade nas deslocações nos campus universitários.”

(fonte: www.maiseducativa.com)

Instituto Politécnico investe 660 mil euros em bicicletas para alunos e colaboradores

escola quer alunos e funcionarios a andar de bicicleta“O Instituto Politécnico de Leiria vai investir cerca de 660 mil euros na aquisição de 220 bicicletas para fomentar uma mobilidade sustentável e suave. Os veículos eléctricos serão distribuídos por alunos e colaboradores por um período de 6 ou 12 meses, conforme o seu compromisso de utilização. Uma das intenções é fazer com que a comunidade educativa percorra o percurso escola – casa, e vice-versa, de bicicleta. A iniciativa abrange as várias escolas e centros de investigação da instituição, localizadas nos concelhos de Leiria, Marinha Grande, Caldas da Rainha e Peniche.

De acordo com uma informação difundida pelo próprio Instituto Politécnico de Leiria, o projecto, designado por “U-Bike Portugal”, resulta de uma candidatura ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos ( PO SEUR), em parceria com o Instituto da Mobilidade e dos Transportes, o que permitiu obter um financiamento de fundos comunitários na ordem dos 85 por cento. A instituição, presidida por Nuno Mangas, refere, igualmente, que aquela iniciativa enquadra-se na estratégia que tem sido desenvolvida junto das populações dos concelhos da sua abrangência, para promover uma “cultura de mobilidade mais sustentável”, tanto para os cidadãos, como para o #Ambiente. Daí que a utilização da bicicleta por parte dos alunos e dos colaboradores permitirá demonstrar a importância do seu uso nas respectivas comunidades. Por outro lado, pretende reduzir o uso de veículos automóveis e o seu estacionamento nos respectivos campi escolares.”…

Lê notícia completa em: pt.blastingnews.com/leiria

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em divulgação com as etiquetas , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s