salva-vidas, a bicicleta na hora certa, no sítio certo

Bombeiros de bicicleta facilita socorro na praia

bombeiros de bicicleta“Equipa de Bicicletas dos Bombeiros de Espinho socorreram, anteontem, uma vítima de afogamento, junto à praia da Rua 37
O alerta foi dado às 17.50 horas de anteontem, momento em que foi solicitado apoio para socorrer uma vítima de afogamento em paragem cardiorrespiratória, junto à praia de rua 37, em Espinho, entretanto retirada da água pelos nadadores-salvadores.
Segundo relato dos Bombeiros Voluntários Espinhenses, “de imediato foram accionadas para o local a equipa de bicicletas dos bombeiros presente na zona balnear, ambulância e viatura médica”.”

Fonte: diarioaveiro.pt

Militar da patrulha em bicicleta da GNR salva banhista em Esmoriz

GNR de bicicleta salva banhista“Um militar do pelotão ciclo da GNR salvou hoje um homem, de 61 anos, que estava a ser arrastado pela corrente marítima e um nadador-salvador que tentara socorrê-lo, na praia do Cantinho, em Esmoriz, informou aquela força de segurança.
Segundo uma nota da GNR, o militar estava a patrulhar de bicicleta a costa de Ovar, no distrito de Aveiro, juntamente com outro colega, quando observou um ajuntamento de cidadãos na praia, tendo-se deslocado de imediato ao local.”…

Fonte: ainanas.com

entretanto…

Bombeiros de Esmoriz fazem esclarecimento sobre salvamento

“Relativamente a noticias publicadas durante o dia de hoje os Bombeiros Voluntários de Esmoriz vem prestar o seguinte esclarecimento e que a verdade dos factos seja reposta:

Enquanto iam procurando trazer para terra a vitima, surgiu na praia a presença do pelotão ciclo da GNR que socorrendo-se dos meios em terra dos nadadores salvadores através de um dos elementos foi prestar auxilio para que os nadadores salvadores pudessem trazer a vítima para terra sem mais delongas.
A colaboração do agente da GNR foi excelente para que esta união de esforços resultasse numa intervenção de sucesso.

Ninguém é tão forte quanto nós todos juntos!”

Fonte: vidadebombeiro.pt

Advertisements

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em divulgação com as etiquetas , , , , , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s