para a tua agenda

Braga Cycle Chic desafia bracarenses a pedalar com estilo a 21 de Março

cartaz_bcc“O evento é gratuito e pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte e lazer.

A 1ª edição do Braga Cycle Chic está agendada para 21 de Março, pelas 14h30, na Praça da República (Em frente à Arcada). O evento, organizado pela Associação Braga Ciclável, pretende mostrar que é “possível pedalar na cidade usando roupa clássica”. A participação é gratuita e vão ser disponibilizadas bicicletas.

Uma tarde a passear com estilo, de bicicleta pelo centro histórico de Braga, sempre na zona pedonal, com paragens em vários pontos da cidade, é a proposta da associação para celebrar a bicicleta como meio de transporte e assinalar o início da Primavera.

Inscrição gratuita (mas obrigatória)

Para quem não tiver bicicleta, poderá reservar uma antecipadamente. O evento é gratuito, mas a inscrição é obrigatória. Deverá ser realizada através das páginas do Facebook do Braga Cycle Chic, da Associação Braga Ciclável, ou em https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-i-braga-cycle-chic-16075971664 a partir de Domingo, 8 de Março.”

fonte: http://bragaciclavel.blogspot.pt

Resíduos, Hortas na Cidade, Lixo… e Bicicletas!

Campo aberto“Esta tertúlia, organizada pela Campo Aberto em colaboração com o Núcleo do Porto da Quercus e com a Quercus – Centro de Informação de Resíduos, partirá de um testemunho sobre uma experiência de um ano de voluntariado em Ourense, Galiza, realizado junto dos Amigos da Terra locais (ramo dos Friends of the Earth International, uma das mais importantes organizações ecológicas internacionais). O Eng. Civil João Pedrosa, atualmente empenhado em trabalhos de ecoconstrução na região de Arganil, está ligado a vários projetos de alternativas de transição: o Projeto Escola Viva, que funciona na Cooperativa dos Pedreiros, no Porto, o Movimento de Economia Social, na mesma cidade, e ainda a AMAP, Associação para a Manutenção da Economia de Proximidade.

Quando?
Sábado, 21 de março, às 15:00.
Onde?
Na sede da Campo Aberto, rua Santa Catarina, 730-2.º andar (perto do Silo Auto)
O quê?
Como a bicicleta e os resíduos se mobilizaram ao serviço das hortas urbanas e da qualidade alimentar.
Com quem?
Intervenções de diversas pessoas ligadas à temática no domínio dos resíduos (LIPOR: Eng.ª Susana Freitas, da Divisão de Valorização Orgânica), das Hortas Urbanas (Quinta Musas da Fontinha, Movimento Terra Solta, Eng.a Marisa Moreira do Parque da Devesa, Famalicão), da promoção da bicicleta na mobilidade urbana (Miguel Barbot e Velocultura, Ricardo Cruz e MUBI, Centro de Informação de Resíduos da Quercus, e outros).

INSCRIÇÃO
A inscrição é gratuita mas obrigatória. Para cada uma das pessoas que pretenda inscrever, enviar nome, email e telefone para: tertuliasca@gmail.com, até quarta-feira, 18 de março, o mais tardar.”

fonte: www.campoaberto.pt

Burinhosa volta a ser aldeia-capital da bicicleta por um dia

Burinhosa-2014“Uma aldeia portuguesa deverá voltar a equiparar-se por um dia às cidades do Norte da Europa com mais velocípedes do que habitantes, com a realização do 12.º Encontro Nacional de Bicicletas Antigas (ENBA).

A 26 de julho, a Burinhosa, localidade do concelho de Alcobaça com cerca de 750 habitantes, irá receber outras tantas bicicletas, se se cumprir o que vem sendo habitual nos últimos anos.

Tratando-se uma terra de colecionadores de veículos a pedal – tem a sede da Associação Nacional de Bicicletas Antigas (ANBA), fundada em maio de 2014 – naquele dia de verão irá apresentar uma taxa de velocípedes por habitante invulgar para Portugal e ao nível da Dinamarca ou da Holanda, recordistas no uso de veículos a pedal.”…

ler mais em http://pedais.pt/burinhosa-volta-a-ser-aldeia-capital-da-bicicleta-por-um-dia/

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em divulgação com as etiquetas , , , , , , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s