revista de imprensa

Man with bicycle reading newspaper in park

Centro português de excelência Ceiia cria primeira rede social de bicicletas

“O centro de português de excelência na área automóvel e aeronáutica Ceiia concebeu a primeira rede social de bicicletas que permite que estas estejam integradas nas redes de transportes da cidade, comuniquem entre si e transmitam inclusive emoções do utilizador.

“É o ‘Facebook’ de objetos e utilizadores. A minha bicicleta, quando se cruza com uma pessoa, pode dizer olá”, disse à agência Lusa o presidente executivo do Centro de Excelência para a Inovação e Indústria (CEIIA), José Rui Felizardo, durante uma visita às instalações do centro e a dias da apresentação do projeto em Barcelona, num dos maiores congressos mundiais relacionados com cidades e mobilidade inteligente, o “Smart City – World Congress”, que decorrerá entre 18 e 20 de novembro, este último o Dia da Inovação.”…

(ler artigo completo em: dinheirovivo.pt)

OE 2015. “Verdes” querem repor tudo o que foi retirado e estimular uso de bicicletas

“Segundo os responsáveis de “Os Verdes” a iniciativa governamental de introduzir a “fiscalidade verde” visa principalmente “fazer com que os impostos não baixem em Portugal”

“Os Verdes” (PEV) defenderam hoje a reposição de todos os cortes de rendimentos apresentados pelo Governo da maioria PSD/CDS-PP como transitórios e estimular a utilização da bicicleta como meio de transporte em contraponto com a “fiscalidade verde”.

O PEV propõe que as empresas que determinarem um subsídio aos seus trabalhadores para que se desloquem para o trabalho de bicicleta possam deduzir essa despesa em sede de IRC, sem que esse subsídio entre para a matéria coletável do IRS dessas mesmas pessoas.”…

(ler artigo completo em: ionline.pt)

Bicicletas acabam com caminhadas de horas de estudantes angolanos

“Mais de dois mil estudantes angolanos deixaram de ir a pé para a escola, em percursos diários de quase quatro horas, depois de receberem bicicletas especialmente preparadas, que até permitiram melhorar as notas.

“A nossa avaliação é que o desempenho destas crianças na escola, para onde passaram a ir de bicicleta, em Cabinda, aumentou 17 por cento. Foi muito bom”, relata à agência Lusa Clemente de Oliveira, coordenador para Angola do projeto internacional BEEP (Bicycles for Education Empowerment Program).

Nas províncias angolanas do Huambo e de Cabinda foram distribuídas, entre setembro de 2013 e abril de 2014, um total de 2.100 bicicletas, num projeto promovido pela World Vision (organização internacional que promove o bem-estar infantil) avaliado em um milhão de dólares, apoiado financeiramente por uma petrolífera norte-americana.

“Estamos a falar de crianças que tinham de caminhar vários quilómetros, cerca de três a quatro horas por dia, só para irem e voltarem da escola. Agora gastam menos de uma hora. Além da assiduidade e da pontualidade, provocava problemas de motivação e depois no desempenho”, acrescenta o angolano que lidera o BEEP em Angola.”…

(ler artigo completo em: rtp.pt/noticias)

Anúncios

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em divulgação com as etiquetas , , , , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s