raindrops keep falling on my bell…

Embora a chuva não seja problema, nem típica da época, é como sempre desagradável a quem ande na rua. Qualquer motivo para sair a pedalar à chuva não tem de ser forçosamente uma necessidade. No caso de hoje até é! Poderia esperar a sorte, aguardar uma aberta, mas quase sempre se corre contra o tempo e nesta espécie de cruzada de coragem, resistência e ousadia, não há enxurrada que demova a vontade. Pedalar na chuva é como um passeio no parque, porque a vontade de pedalar supera qualquer imprevisibilidade. Visto o casaco de capuz, a calça e o calçado impermeável e estou pronto.

About these ads

Sobre paulofski

Na bicicleta. Aquilo que hoje é a minha realidade e um benefício extraordinário, eu só aprendi aos 6 anos, para deixar aos 18 e voltar a ela para me aventurar aos 40. Aos poucos fui conquistando a afeição das amigas do ambiente e o resto, bem, o resto é paisagem e absorver todo o prazer que as minhas bicicletas me têm proporcionado.
Esta entrada foi publicada em o ciclo perfeiro com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

apenas pedalar ao nosso ritmo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s